HOTWORDS

Arquivo do blog

Theme Support

Unordered List

Recent Posts

Science Planet. Tecnologia do Blogger.

Fashion

Technology

Fashion

Archive

Editors Picks

Follow us

Teoria da conspiração alega que Jesus Cristo era um híbrido alienígena-humano

Caro leitores, devido ao fato do seguinte artigo ser extremamente controverso, peço a todos que respeitem as opiniões dos colegas comentaristas. É salutar apresentar seu ponto de vista, mas não é nem um pouco salutar ou ético forçá-lo às outras pessoas. O respeito mútuo é importantíssimo para que consigamos evoluir nossos pensamentos. 
Agradeço desde já a colaboração de todos quanto a estes quesitos.
Isto posto, informo que este artigo não deve ser tratado como algo religioso, mas sim como um estudo do fenômeno que é o assunto principal deste site, pois sendo a personificação de Jesus Cristo um alienígena híbrido, ou não, de forma alguma muda o efeito de suas mensagens deixadas nas escrituras: 
A história de Jesus Cristo e de como ele morreu tem sido uma das mais narradas no mundo por séculos, com a religião cristã se baseando em seus ensinamentos e trabalhos. Mas o que outros registros, além da Bíblia, revelam sobre Jesus Cristo, um homem que podia andar sobre a água, curar os doentes e ressuscitar os mortos. Seria ele realmente humano?
A questão tem intrigado teóricos da conspiração por anos, com descrições de sua estatura física sendo virtualmente inacessíveis.
Aprofundando-se um pouco sobre isto, não há menção dos atributos físicos de Jesus Cristo na Bíblia, ou uma imagem de seu tempo ilustrando sua aparência – um dos homens mais famosos que já viveu.
Outro aspecto bizarro é que as autoridades que procuravam prender Jesus no Jardim do Guetsêmani antes dele ser crucificado, não podiam identifica-lo, e precisaram subornar Judas Iscariotes para ajudá-los. Além disso, Judas usou um beijo para trair Jesus, o que levanta a questão: Por que não poderia ele simplesmente descrever sua aparência, vestimenta, ou simplesmente aponta-lo à distância?
É dito que a bíblia canônica oferece mais informações sobre isto:
Então os judeus disseram a Judas: ‘Como iremos prendê-lo [Jesus], pois ele não tem uma forma única, mas sua aparência muda?  Algumas vezes ele tem um rubor, algumas vezes ele é pálido como os ascetas, algumas vezes ele é jovem, algumas vezes um homem velho…
Isto levou a várias teorias da conspiração especularem que Jesus era, de fato, um híbrido humano-alienígena. Sobre os híbridos humanos-alienígenas, o livro do Genesis parece explicar como eles ocorreram, declarando o seguinte:
Quando os homens começaram a multiplicar-se na terra e lhes nas­ceram filhas,
os fi­lhos de Deus viram que as filhas dos homens eram bonitas, e escolheram para si aquelas que lhes agradaram.
Então disse o Senhor: “Por causa da perversidade do homem, meu Espírito não contende­rá com ele para sem­pre; ele só viverá cento e vinte a­nos”.
Naqueles dias, havia nefilins na terra, e também posterior­mente, quando os filhos de Deus possuíram as filhas dos homens e elas lhes deram filhos. Eles foram os heróis do passado, homens famosos.
.Isto posto, um trecho de textos antigos recentemente descobertos colocam uma nova luz no assunto de Jesus Cristo poder ser um extraterrestre.  Ele revelou que a razão principal de Judas Iscariotes ter usado o beijo para trair Jesus, foi porque ele tinha a habilidade de mudar de forma. O texto é escrito na linguagem cóptica. Um dos manuscritos está guardado na Biblioteca e Museu New York Morgan, e o outro no Museu da Universidade da Pensilvânia.
Também alega-se que quando Pontius Pilatos estava jantando com Jesus, ele viu Cristo se tornar etéreo e não pôde vê-lo por um longo período, como reportado pelo site Livescience.  De acordo com Roelof van den Broek, um pesquisador da Universidade de Utrecht que conversou com o site, “Esta explicação do beijo de Judas é primeiramente encontrada em Origen [um teólogo que viveu entre 185 e 254 DC]”. De acordo com Contra Celsum, um dos trabalhos de Origen, “para aqueles que o viram, [Jesus] ele não parecia de maneira similar a todos”.
O texto que dizem ter sido escrito por São Cirilo no quarto século, alega ser baseado no novo livro antigo, encontrado em Jerusalém. Broek descartou isto como sendo um elemento fictício usado para tornar a história sensacionalista.
Atualmente, não se vê o final da bizarra controvérsia sobre Jesus Cristo ser ou não um alienígena.

Fonte
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Total de visualizações

Postagens em Destaque