HOTWORDS

Arquivo do blog

Theme Support

Unordered List

Recent Posts

Science Planet. Tecnologia do Blogger.

Fashion

Technology

Fashion

Archive

Editors Picks

Follow us

Cientistas encontram planeta gêmeo da Terra com água e metano na atmosfera

O mundo alienígena recém encontrado, GJ 1132b, vai muda todo o jogo. De acordo com astrônomos, o GJ 1132b é extremamente promissor, já que ele tem metano e água em sua atmosfera.

Os cientistas que estão procurando por exoplanetas que possam abrigar a vida encontraram dois novos planetas na zona de conforto de suas estrelas, os quais levantaram a esperança de não somente encontrar vida alienígena, mas também finalmente se deparar com um planeta como a Terra. Até mesmo ar foi detectado em um desses planetas.

Wolf 1061C – localizado a 14 anos luz da Terra – e GJ 1132b, que está a aproximadamente 39 anos luz, têm rapidamente se tornado dois exoplanetas favoritos para os astrônomos que estão ansiosos para descobrir vida alienígena, e até possivelmente um clone da Terra.
planeta gêmeo da Terra
Ambos destes mundos distantes estão localizados na zona de conforto de suas estrelas, onde não é tão quente, nem tão frio, permitindo assim que exista água no estado líquido em suas superfícies.
Wolf 1061c é um de três exoplanetas orbitando uma estrela anã vermelha Classe-M. A parte prometedora é que este planeta está localizado bem no centro da zona habitável.  Porém, os cientistas alertam que ele é quatro vezes maior do que a Terra, o que significa que provável sua gravidade tenha criado um efeito estufa similar ao do nosso vizinho Vênus.
Por outro lado,  GJ 1132b é um planeta que muda o jogo. Na verdade, alguns estão se referindo a ele como ‘clone da Terra’. Ele tem um diâmetro 50% maior do que o da Terra e orbita sua estrela na parte mais morna da zona de conforto. Dado o seu tamanho, é provável que ele tenha as condições necessárias para manter uma atmosfera estável.
De acordo com um estudo recentemente publicado no Astrophysics Journal, os cientistas o Observatório Europeu do Sul, no Chile, o GJ1132b é extremamente promissor, já que ele tem metano e água em sua atmosfera.
O astrofísico John Southworth, autor líder to trabalho, disse para o Scientific American:
Mostramos que um planeta com a massa da Terra é capaz de sustentar uma atmosfera espessa. Este é um passo na direção de investigar se um planeta pode abrigar a vida.
A descoberta de água em um planeta é desconcertante, encontrar metano é ainda mais.
Na Terra, 90% de todo o metano na atmosfera é produzido por organismos vivos, conhecidos como metanógenos – organismos que não precisam de oxigênio e dependem de hidrogênio para sobreviverem.
O pesquisador Julien de Wit adicionou:
Detectar a atmosfera de planetas do tamanho da Terra ao redor de anãs-M é um passo essencial na procura por exoplanetas habitáveis. A preocupação, porém, é que eles nem sempre podem ser capazes de sustentar uma atmosfera, devido à história potencial de forte atividade de suas estrelas.
Encontrar um com uma atmosfera nos daria esperança.
No futuro próximo, telescópios maiores nos permitirão capturar imagens de resolução maior da luz que passa através da atmosfera do planeta, o que nos ajudará a detectar sua composição, com mais precisão.

Fonte
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Total de visualizações

Destaque da Semana